Fundo Guardiões da Terra

koef

 

O Fundo Guardiões da Terra (sigla em Inglês KOEF) da Cultural Survival é liderado por indígenas com o objetivo de apoiar projetos de defesa e desenvolvimento comunitários dos Povos Indígenas. Desde 2017, por meio de pequenas doações e assistência técnica, o KOEF apoiou 190 projetos em 37 países, totalizando US$ 828.067.

O KOEF fornece, em média, US$ 5.000 em doações para comunidades, organizações e governos tradicionais liderados por indígenas com o intuito de apoiar projetos autodeterminados de desenvolvimento com base em valores indígenas. Pautada pela Declaração das Nações Unidas sobre os Direitos dos Povos Indígenas (UNDRIP), a Cultural Survival usa uma abordagem baseada nesses direitos em nossas estratégias de doação, de forma a apoiar soluções indígenas de base por meio da distribuição equitativa de recursos às comunidades indígenas.

Desde 2017, a Cultural Survival lança uma chamada pública anual, que vem aumentando seus números de inscrições de forma considerável a cada ano. Infelizmente, só conseguimos financiar uma pequena percentagem das propostas recebidas. Por esse motivo, decidimos mudar nossa estratégia de seleção, que deixará de ser por chamada pública e passará a se dar por meio de um sistema por convites. As comunidades e organizações convidadas serão selecionadas a partir do banco de dados que construímos com as propostas recebidas anteriormente. Pedimos aos candidatos de anos anteriores que fiquem atentos aos seus e-mails por onde irão receber o convite e as orientações para participar do ciclo de 2022.

Os projetos financiados responderão às diversas necessidades dos Povos Indígenas. Este ano vamos colaborar principalmente com os que se dedicam aos seguintes temas e suas intersecções: Línguas indígenas; Culturas e artes indígenas; projetos de longo prazo em resposta à emergência do Covid-19 em todos os seus aspectos (saúde comunitária, alimentação, soberania econômica, entre outros); proteção, administração e recuperação de terras, territórios e biodiversidade; mitigação e adaptação às mudanças climáticas; impactos da mineração de minerais de transição. Estamos especialmente buscando elevar a liderança e a participação de pessoas com identidades que sofreram marginalização ou discriminação, como mulheres, pessoas de outros gêneros e jovens.